Análise: Bully

A segunda análise do Blog Estação dos Jogos tinha que ser de um jogo polêmico, impactante e claro, muito viciante! Eu ia fazer deoutro jogo, porém, notei que na internet existem poucas reviews desse jogo aqui. Por esse motivo e também por esse game ser um dos meus preferidos, senhoras e senhores, apresento a vocês, a análise do jogo Bully!


Nome do jogo: Bully
Gênero: Aventura, Sandbox
Classificação: Teen (12 anos)
Desenvolvedora: RockStar Games de Vancouver
Lançamento: 17/10/2006
Consoles: PS2, PS3, Xbox, Wii, PC



História
O enredo de Bully gira em torno de Jimmy Hopkins, um garoto de 15 anos bagunceiro e problemático, que, depois de ser expulso de várias escolas é matriculado em Bullworth Academy, o pior colégio do mundo (você verá alguns alunos dizendo isso (em inglês, claro) de vez em quando). Quando chega lá, é recebido com hostilidade pelas gangues da escola (leia-se bondes).
Agora, Jimmy precisa ganhar respeito das gangues e para isso, fará favores para os grupos e os auxiliará na luta contra gangues inimigas. Mas Gary, um garoto que não gosta de Jimmy, vai fazer de tudo para atrapalhá-lo e jogar todas as gangues contra ele. Bom, chega de spoiler, saiba apenas que e uma história cõmica e envolvente, assim como todo o jogo.
Milhares de coisas pra fazer, assim como no GTA
O Bully utiliza a mesma engine de GTA: há um imenso território para explorar com direito a mapa e tudo, armas, missões, casas para salvar o jogo e dormir, a possibilidade de mudar a aparência do personagem e de fazer o jogo do seu jeito (você pode fazer as missões na hora que quiser, e pode começar uma briga com outros alunos, por exemplo).
É possível roubar os armários dos outro alunos, tirar fotos, beijar meninas, colocar bombinhas na privada, fugir dos inspetores se escondendo em latas de lixo e jogar alunos mais fracos dentro das mesmas. Ufa! Em Bully, não dá pra ficar parado! E se você já tiver desbloqueado a cidade (ela é desbloqueada no capítulo 2) há mais uma grande variedade de coisas pra fazer, como comprar roupas, participar de corridas de bike e kart, cortar o cabelo, ganhar dinheiro fazendo pequenos trabalhos, e se aventurar no Carnival Park, o parque de diversões da cidade!
Os controles do jogo são fáceis e em pouco tempo, você será craque em Bully!

Conheça as gangues de Bully
Bullies = Moleques bagunceiros e valentões que gostam de bater em todo mundo que é mais fraco
Preppies = Os garotos ricos de Bullwort que têm nojo de pobre
Greasers = Os rockeiros que gostam de carros e odeiam os preppies
Nerds = Eles são muito inteligentes, porém são fracos. São intimidados por Bullies e Jocks
Jocks = Gangue dos fortões que gostam de futebol (americano) e outros esportes. Gostam de bater nos nerds
Townies = Alunos que foram expulsos/fugiram de Bullworth Academy e vivem na rua
Alunos elementares = Alunos que não fazem parte de nenhuma gangue, são mais fracos que os nerds
Missões
As missões do jogo são muito bem feitas, algumas são simples e outras exigem atenção e rapidez (é o caso das últimas missões do jogo). Há quatro tipos de missões: as obrigatórias (representadas no mapa por uma estrela amarela, você deve completar para zerar o jogo), as opcionais (também representadas por uma estrela amarela, você pode fazê-las no próximo capítulo ou quando terminar o jogo), os 'Challenges' (representadas por uma estrela vermelha, você deve fazê-las para ganhar casas pra salvar o jogo e dormir) e os 'Errands' (representados por um 'X' azul no mapa, são aleatórias, faça apenas pra ganhar mais dinheiro). A cada missão completada, sua porcentagem no game vai aumentando...

Aulas
Além das missões, você também deve ir às aulas para avançar no jogo (afinal, você está em uma escola!). As aulas consistem em minigames que o jogador deve executar com sucesso para ganhar itens (que vão desde roupas até armas poderosas) e respeito com os outros alunos. Não é obrigatório fazer as aulas, mas se não fazer, não ganhará itens e os inspetores correrão atrás de você para te levar pra aula à força. As aulas têm cinco fases. Complete-as e não precisa mais frequentá-las. Cada vez que as aulas são completadas, sua porcentagem sobe. Veja abaixo o vídeo da aula de química, uma das aulas mais fáceis do jogo.



Armas
O jogo conta com um grande arsenal de armas como um estilingue (a arma que Jimmy usa na maioria das missões do jogo), pó de mico e ovos podres. Algumas armas fogem do contexto normal e causam controvérsias, como bombinhas, lança-foguetes, lançador de batatas, spray e uma estranha bola de elástico muito poderosa, cuja munição é infinita. Não há nenhuma arma de fogo.
Veículos
Andar a pé é ótimo, porém, nos videogames isso é chato. Em Bully não podia ser diferente: você pode passer por Bullworth com uma grande variedade de veículos além dos seus pés! O skate está sempre por perto. Pode ser bom pra fugir mais rápido dos monitores e policiais. A bicicleta é boa para passar por caminhos de terra e o kart, serve para fazer tudo isso em uma velocidade bem alta. A lambreta é o veículo mais lento do jogo e para usá-la é preciso estar de capacete. Mas vale a pena comprar: em algumas missões você deverá utilizá-la. Por falar em comprar, você pode comprar veículos ou adquiri-los terminando missões.
As controvérsias
Uma das maiores qualidades dos jogos da Rockstar Games é que sempre são rodeados de polêmicas. Apesar do Bully ser um jogo ótimo, há muitas pessoas que não gostam do game. Um dos principais motivos é a violência, que pode ser cometida com alunos e adultos (sim, é possível bater nos professores). Como já disse, é possível matar as aulas. O jogo também mostra cenas de homossexualismo (Jimmy pode beijar Trent, o Bullie loiro). Os pais mais conservadores acreditam que isto pode influenciar os filhos a fazer o mesmo. Por causa disso, o jogo Bully foi proibido de ser vendido no Brasil.
Em minha opinião, o jogo é livre e você só fica batendo nos outros se você quiser. Você não precisa ser violento no Bully toda hora. Faça isso apenas em missões que necessitem e aproveite as outras coisas boas que o jogo tem. E lembre-se de nunca fazer o mesmo na vida real! Violência só gera violência... vá na quadra de bullworth brigar com um jock e você entenderá...

Prós e contras
-Trilha sonora toda tocada no baixo perfeita!
-Muitas coisas pra fazer se estiver desocupado
-Controles fáceis de aprender
-Uma cidade bem grande para conhecer
-A possibilidade de mudar a roupa e o cabelo de Jimmy
-Armas muito boas e eficazes
-O jogo possui veículos
-Ganhar dinheiro é fácil
-Loadings demorados
-Câmera ruim
-Não gostei de algumas roupas
-Algumas missões são bem complicadas
-Em algumas missões, ganhamos pouco dinheiro
-Topei com vários bugs enquanto jogava, mas acredito que seja culpa do DVD, que é um pouco ruim

Em breve voltarei com mais novidades! O que você quer ver aqui no Blog Estação do Jogos? Comente!

E que a força esteja com você...
#estacaodosjogos

 

 © 2011 - 2012 Estação dos Jogos | Design por Tiago Muniz e Jefferson Costa
 PageRank